Search
quinta-feira 19 outubro 2017
  • :
  • :

O PADROEIRO

HISTORIA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS DE CUPARAQUE                 

A veneração ao coração de Jesus se iniciou no século  XVII, quando Maria de Alacoupe, religiosa da ordem da visitação que seria santificada posteriormente, teve revelações dadas por Cristo, incumbindo-a de difundi-las. Foram três visitas, entre 1673 e 1675, Nesses encontros, Jesus comprometeu-se com aqueles fiéis que eram realmente devotos. O conteúdo dessas revelações foi, posteriormente, reunido nas ¨12 Promessas do Sagrado Coração de Jesus¨. São elas:

1) Dar-lhes-ei todas as graças necessária ao seu estado de vida.

2)Estabelecerei a paz nas suas famílias.

3) Abençoarei os lares onde for exposta e honrada a imagem do meu Sagrado Coração.

4) Hei de consolá-los em todas as dificuldades.

5) Serei o seu refúgio durante a vida e em especial na hora da morte.

6)Derramarei bênçãos abundantes sobre todos os seus empreendimentos.

7) Os pecadores encontrarão no meu Sagrado Coração uma fonte e um oceano sem fim de misericórdia.

8) As almas tíbias tornar-se-ão fervorosas.

9) As almas fervorosas ascenderão rapidamente a um estado de grande perfeição.

10) Darei aos sacerdotes o poder de tocarem os corações mai empedernidos.

11) Aqueles que propagarem esta devoção terão os seus nomes escritos no meu Sagrado Coração e dele nunca serão apagadas.

12) Prometo-vos no excesso de Misericórdia do meu Coração, que o meu Amor todo poderoso concederá, a todos aqueles que comungarem na primeira Sexta-Feira de nove meses seguidos, a graça da penitencial final; não morrerão no meu desagrado nem sem receberem os Sacramentos: o meu Divino Coração será o seu refúgio de salvação nesse derradeiro momento.

Iniciou-se, pois, a veneração ao Sagrado Coração de Jesus, que representa o amor do filho de Deus por seu povo. O culto foi recomendado por vários papas e tornou-se uma das três solenidades do tempo Comum, sendo comemorado na segunda sexta-feira após o Corpus Christi-ele também é cutuado nas primeiras sextas-feiras de cada mês.

No Brasil, essa veneração foi introduzida pelos portugueses durante a colonização. A devoção ao Sagrado Coração de Jesus tornou-se muito popular com a população católica brasileira. Em Minas Gerais, são inúmeras as paróquias que o tem como patrono. Por exemplo, existem paróquias do Sagrado Coração de Jesus em Mariana, Belo Horizonte, Juiz de Fora, Três Corações, Carvalhos, Pirapora, dentre outras.

Nessas paróquias, costuma-se celebrar a festa do Sagrado Coração de Jesus. Porém, a forma das celebrações é bastante heterogênea e pode variar na medida em que há troca de párocos.

HISTÓRICO DA CELEBRAÇÃO NO MUNICÍPIO:

Em Cuparaque, a celebração de Jesus  começou junto com a criação da paróquia, em 2008. Como o Sagrado Coração de Jesus é o patrono da igreja local, o Padre Ricardo Mendes, primeiro a liderar a paróquia cuparaquense, passou a organizar o evento junto com o Apostolado da Oração, presidido por Rosimeire Carrijo Fernandes de Sales.

Ainda que seja uma celebração jovem, ela envolve todas as comunidades da paróquia. Segundo Rayner Samuel Leandro Garcia, membro da pastoral da juventude, no encerramento da última edição havia mais de 5000 mil pessoas, inclusive estando presentes fiéis de cidade vizinhas. Além das missas, o evento passou a contar com quermesses diárias e, no domingo, uma cavalgada e sorteios de brindes.

O bem em questão configura-se como parte relevante da cultura imaterial do município fundamentalmente alicerçada na fé cristã.

 

DESCRIÇÃO:

A  Festa do Sagrado Coração de Jesus começa na primeira sexta após o Corpus Chisti. Neste dia, inicia-se um período com missas diárias na cuparaquense, que são celebradas por Padres convidados, oriundos de comunidades vizinhas. Após as missas, reza-se o terço. Cada dia é um tema que guia o encontro.

Cada celebração é responsabilidade de uma comunidade, que organiza a missa e fica responsável pela barraca de comida, que fica em frente á igreja. O cardápio varia de acordo com aqueles que estão responsáveis pela barraca. Costuma-se consumir tortas, salgados, feijão tropeiro, entre outros pratos. Os ingredientes são doados pelos fiéis das comunidades. O dinheiro arrecadado com as vendas vai para a paróquia.

No dia do Sagrado Coração de Jesus, há a presença do Bispo local. É a Missa em que o tema da festa é enfatizado com maior ênfase. Ao fim dela, há uma pequena cerimônia, na qual o Bispo levanta o mastro do Sagrado Coração de Jesus, com a bandeira do Apostolado local. Esse gesto é aclamado pelos fiéis.

No último dia de festa, acontece a cavalgada. Ela ocorre durante a tarde de domingo, os fiéis partem com seus cavalos de frente a igreja e vão até o parque de exposições de Cuparaque.Lá, há uma confraternização entre eles, havendo sorteio de brindes, também doados pela comunidade.É o dia do evento que conta com o maior numero de participantes.

 

LUGAR DA CELEBRAÇÃO:

A cerimônia ocorre praticamente toda na Igreja Matriz da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus. Após as missas e o terço, os fiéis podem se reunir fora da igreja, diante da barraca montada de frente para a Praça vereador Francisco de

s . Lá, acontece a venda de comidas preparadas pela comunidade responsável pela organização da missa. No último dia da festa, acontece a cavalgada, evento que se inicia na Praça Vereador Francisco de Assis e termina no parque de exposição de Cuparaque. Lá, há a confraternização entre os presentes, incluindo o sorteio de brindes.